segunda-feira, 16 de abril de 2012

Namoros eternos



         Foi uma verdadeira bomba naquela manhã de domingo. Ninguém da turma esperava uma noticia daquelas. Todos reunidos na praça tomando um aperitivo e, de repente, chega o Pixulin com a novidade:
         - O Zé Gordo vai casar!
         Não. Não é possível. O que será que aconteceu com ele, depois de mais de trinta anos de namoro, resolver dar um passo deste. Se fosse mais jovem fatalmente iriam fazer algumas ilações, mas na sua idade acho que cansou de ser celibatário.
         Na verdade muitos casais optam por um namoro prolongado como forma de manterem a privacidade de cada um. Mas não é fácil não, poucos conseguem tal proeza, pois a  pressão das respectivas famílias é grande. Muitos são os casos, mas a torcida pelo casamento é grande. Famoso na cidade foi o de um tradicional empresário, que tinha uma chácara para seu lazer numa cidade próxima. Muito bem cuidada, bonita, construiu até uma pequena capela para os momentos de reflexão. A namorada incumbiu-se da entronização das imagens e marcou a cerimônia para um fim de semana. O tal comerciante chegou para a inauguração e lá encontrou o padre da cidadezinha, o juiz de paz, as testemunhas e convidados. Estão casados até hoje e felizes.
         Agora, esperto mesmo foi o Pingola, morador de Araras, ex-funcionário do Banespa. Certa vez reuniu um grupo grande de casais amigos para um churrasco no seu aniversário. O seu namoro com a Darci estava próximo dos trinta anos e em todo lugar que ia com ela, as pessoas pressionavam para que eles se casassem. Não foi diferente naquela festa, cada um que vinha conversar tocava no assunto e o ficava chateando com as cobranças. Quase no final da reunião, de saco cheio de tanto voltarem ao assunto, chamou todos os homens e no alto de sua sabedoria falou em alto e bom som:
         - Vocês me cobraram a noite inteira, mas, interessante, não vi nenhuma das suas mulheres trazerem um pratinho com a suas carnes preferidas, ou completarem o seus copos de chope, nem sequer apareceram aqui para perguntar se precisavam de alguma coisa. Mas a minha namorada sim, todos viram, e ainda querem que eu me case?

Sérgio Lordello
Professor

Nenhum comentário: