sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Um Ano Novo diferente


(livre-espaço.blogspot.com)


          Eu queria desejar um ano novo diferente para você. Nada daqueles chavões como “um ano de muita paz e realizações”, ou “que tudo se realize no ano que vai chegar”. Eu queria algo mais prático, sem frescuras, que você já entendesse e quando fizesse um balanço no final do ano veria se realmente os meus desejos tinham sido alcançados ou não.
         O meu primeiro desejo é que você, no próximo ano, vá a mais festas que os arquitetos e decoradores. Impressionante, mas não passam uma semana sem um coquetel, uma inauguração, um vernissage, uma reunião. Semana sim e a outra também e em algumas: dose dupla.
         Minha segunda vontade é que você e também a sua família tenha a obstinação da família Curcio. São 105 anos se dedicando a construção do presépio, passando a tradição de avô para filhos, depois para netos e hoje tem o reconhecimento de todos.
         Outra coisa que gostaria é que seu trabalho seja considerado por toda a cidade e que você receba mais homenagens que todas as aprovadas no plenário da nossa Câmara Municipal. Olha, você vai ter que dedicar uma parte expressiva do seu tempo para comparecer a todas. Mas não descuide dos seus negócios.
         Falando em negócios, espero que eles lhe rendam um bom dinheiro, quem sabe que sejam mais lucrativos que as consultorias do Palocci ou do Pimentel, ou ainda que seus clientes sejam mais fiéis que a Hyundai ou as Casas Bahia. Imagine só, propaganda todo dia, chova ou faça sol, inverno ou verão, com crise ou sem crise.
         Mas para que isto dê certo, você tem que se precaver de algumas coisas também. Por exemplo: observar bem os prazos de entrega e jamais agir como as empreiteiras da Prefeitura que nunca entregam as obras no prazo estabelecido. Sempre pedem adiamento ou abandonam as mesmas.
         Importante também que você distribua o seu tempo entre os negócios, a família, os amigos e as entidades, de forma equilibrada  conforme as necessidades de cada um. Jamais faça como o sincronismo dos semáforos da cidade neste ano, que prioriza apenas alguns (ou nenhum) e consegue desagradar toda população.
         Se tudo o que estou lhe desejando (ou aconselhando) para o ano realmente venha acontecer, ele será um dos mais profícuos de sua vida e, com certeza, a sua empresa será muito mais rentável que as da família do prefeito da cidade.
         Feliz ano novo!!!!

Sérgio Lordello
Professor

Nenhum comentário: