quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Cidadezinha porreta

(cristianogoes.blogspot.com)


      Em julho passado, com um grupo de amigos, estive visitando o município de Ribeirão Bonito, aqui pertinho de São Carlos. É uma cidade pacata com uma população em torno dos dez mil habitantes, com aquele jeitão interiorano, onde todos se conhecem pelo nome ou pelos hábitos. Aquela tranquilidade, onde os automóveis ainda ficam com os vidros abertos e a chave no contato. Tem alguns filhos ilustres como os saudosos irmãos Blota Junior e Geraldo Blota, apresentadores e narradores de TV e rádio, respectivamente, o auditor Antoninho Trevisan, entre outros.
         Mas quando o assunto é dinheiro público o melhor que se tem a fazer é não mexer com eles não. Certa vez um prefeito resolveu tomar emprestado algum recurso da Prefeitura para melhorar um pouquinho a sua vida particular. E não é que a população se uniu e saiu à procura de evidências e após uma grande luta acabaram por cassar o mesmo e depois prendê-lo. Tal fato tornou a cidade famosa e muitas pessoas os procuraram para saber como tudo aconteceu, então eles acabaram editando um livro que está na sua quarta edição, chamado “O combate à corrupção nas prefeituras do Brasil”, disponível gratuitamente também no site www.amarribo.org.br .
         O livro é um verdadeiro roteiro a se trilhar na procura de operações e atos suspeitos por parte de autoridades constituídas cujas evidências podem ajudar no seu monitoramento, cobrança e contestação. Os seus capítulos descrevem os sinais com que devemos ficar atentos (não necessariamente na ordem e fiel ao texto dos autores):
         “-Sinais exteriores de riqueza...;
         -Resistência a prestar contas...;
         -Parentes e amigos aprovados em concursos...;
         -Falta de transparência nos atos administrativos do governante...;
         -Transferências de verbas orçamentárias...;
         -Subserviência do Legislativo e dos Conselhos Municipais...;
         -Alheamento da comunidade quanto ao processo orçamentário...;
         -Baixo nível da capacitação técnica dos colaboradores...;
         -Comprometimento dos vereadores...;”
         “Embora seja grande a variedade dos esquemas que a corrupção se aproveita, ela sempre deixa uma série de indícios que tendem a ser semelhantes de um lugar a outro.”
         Hoje toda a comunidade de Ribeirão Bonito se vangloria de seu feito e é um exemplo para todo o país. Através da união de suas forças conseguiram combater a corrupção, pois isto foi importante para a melhoria da qualidade de vida naquela cidade.

Sérgio Lordello
professor 

Nenhum comentário: