segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Aniversário

(claudiogabilan.files.wordpress)

Escrever ou não escrever, eis a questão



          Nesta quinta feira faz dois anos que tive o privilégio e a honra de poder escrever neste espaço. Depois de um temor inicial, hoje se tornou um vicio e toda semana fico procurando um tema que possa divertir o leitor, mexer com suas emoções, prender a sua atenção ou ajudá-lo a abrir uma roda de debate. Saber que as pessoas leem os artigos agora é o meu entorpecente, como os depoimentos abaixo:

        
           - “Pela primeira vez estou comentando o seu artigo. É que  este me chama a atenção. É sobre a minha mãe, a sua e a de todos nós. Estou emocionado mesmo. Gostaria de dizer a todos vocês, meus amigos, que não esqueço um só dia da minha mãe, e que nesse momento não estou enxergando as teclas do computador porque as minhas lágrimas não permitem. Vocês, que tem suas mães vivas, não se esqueçam de lhes darem um abraço bem forte.” (Beto Siviero)
- “Belíssimo texto, lírico, gracioso, deliciosamente bem-humorado e irretocável!” (Andréa Bombonati).

         - “Fiquei imensamente honrado pela homenagem a mim prestada! De fato você tem razão, prestamos um ótimo trabalho e deixamos um belo exemplo de como unir as pessoas através da camaradagem, respeito e sinceridade sem almejar nada em troca.” (Luís Marcos Rocha).

“Sou assinante do Jornal de Limeira, além de outros, mas na quinta-feira ele é o primeiro a ser lido por conter sua coluna! A de hoje eu já li e adorei! Você está se saindo muito bem, meu irmão!” (Maria Isabel).

         - “Muito interessante a análise comparativa das receitas dos municípios nos últimos anos. Suas colocações são valiosas para que tenhamos qualidade na avaliação das gestões dos ocupantes de cargos executivos de prefeituras, estados e da nação. Tenho lido com muita atenção os seus artigos. Continue.” ( José Carlos Pejon)



         - “Gostaria de parabenizá-lo pelo artigo publicado hoje na página 2 do JL. Emocionante o resgate pessoal e o link com essa barbaridade que vem acontecendo não só no DF, mas em todos os cantos - inclusive por aqui. São manifestações como a sua que permitem mantermos a esperança e a vontade de tentar ajudar a virar esse jogo.” (Carlos Chinelato).



- “Como última opção para os aposentados você deixa muitos com vontade de apressar o tempo. Sabe, a gente vai descobrindo muitas coisas para fazer com essa disponibilidade toda, mas o melhor de tudo é quando você acorda lá pelas 08h30min, está uma baita chuva e se lembra de que seus colegas de trabalho já estão acabando a segunda aula.... rsrsrs....é uma delícia!” (Maria Silvia)

- “Parabéns, como engenheiro, você está se tornando um ótimo escritor. Eu ainda tenho a felicidade de ter minha mãe por perto, o que me entristece é que meus filhos não tiveram a mesma sorte que nós. Abraços.” (José Antonio Sillman).
         Obrigado a todos os leitores e ao Jornal de Limeira.



Sérgio Lordello

Um comentário:

A Moça. disse...

Os professores comentaram, e uma aluna também tem o direito, não?

Professor, como leitora - novata, mas ainda assim, fã - de seus textos, dou-te meus parabéns. Tens muito a oferecer como escritor, na minha opinião e tenho orgulho de dizer que conheço uma pessoa como o senhor. És um exemplo, dentre os poucos, de pessoa digna, honesta e extremamente inteligente.

Continue escrevendo, que nós vamos adorar continuar lendo.

"Feliz aniversário" e abraços.